Loja Teosófica Liberdade


Artigos

  • Um Sistema Político Ideal

    Um sistema político ideal, seria aquele no qual tivéssemos como base primordial o desenvolvimento espiritual de cada indivíduo presente na sociedade. Cada cidadão, tendo plena consciência da importância e do dever de se tornar uma pessoa melhor, esforçar-se-ia para gradativamente eliminar seus defeitos e paixões. Quando assumirmos de maneira sincera essa grande tarefa de eliminarmos […]

    Leia Mais
  • Os animais tem alma?

    OS ANIMAIS TÊM ALMA? De H. P. Blavatsky
Texto de Collected Writings, escritos de janeiro a março de 1886. Constantemente ensopada de sangue, a terra inteira é um altar imenso sobre o qual tudo o que vive tem que ser imolado – interminavelmente , incessantemente … Comte. Joseph de Maistre ( Soirées I.ii,35) Muitas são as […]

    Leia Mais
  • A Grande Ilusão

    A Grande Ilusão Por Patricio Peyman, membro da Sociedade Teosofica – Loja Liberdade A importância desta palestra é para fazer a gente reflexionar sobre quando falamos o decidimos partir para uma vida espiritual, exatamente do que temos que abrir mão para conseguir o que. Estamos tão apegados a esta vida material, que aparentemente vemos e sentimos, […]

    Leia Mais
  • “Transcender o mundo? Para quê? Ele é tão bom!”

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA Yoga significa “unir”, aproximando-se do significado de religião como “religar”. Só se pode religar aquilo que foi, um dia, desligado. É o que narra a “Parábola do Filho Pródigo”, simbolizando a jornada do espírito nos reinos da natureza. Ao fim de sua jornada – aprendida a lição que o […]

    Leia Mais
  • Seria a miséria o preço do contentamento?

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA É possível que alguém menospreze o contentamento por considerá-lo acomodação, ausência de impulsos para a vida, assim alimentando a inércia e a miséria. A inércia, por sinal, é um dos atributos da matéria (tamas, em sânscrito), vinculado à resistência. Esta, no lugar certo, é essencial à forma: o tijolo […]

    Leia Mais
  • “Não há bem que sempre dure…”

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA “E nem mal que nunca se acabe”. Na sabedoria dessas frases gêmeas mostra-se que gêmeas também são as alegrias e tristezas da vida, sucedendo-se numa alternância sem fim. Por trás disso revela-se ainda a dualidade que sustenta o mundo. E quem sustenta a dualidade? A mente, cuja ação separatista […]

    Leia Mais
  • Religião: ópio da humanidade ou apoio evolutivo?

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA Religião e Deus são naturalmente entidades conexas e misteriosas. A partir daí, quando se tenta avaliar o sentido da religião sob a perspectiva intelectual, inúmeros são os argumentos encontrados no sentido de rechaçar as duas coisas, “resolvendo” o problema. Considerando que para a natureza orgulhosa e separatista do intelecto, […]

    Leia Mais
  • Por que é tão difícil transformar a negatividade?

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA Para vencer as causas do sofrimento psicológico – sempre atrelado às desilusões que o desejo provoca – é necessário um esforço que também representa sofrimento: aquele inerente a toda mudança. Nossas vacilações habituais mesmo para abandonar uma situação já considerada ruim, deixam clara essa dificuldade. Segundo E. Tolle, o […]

    Leia Mais
  • Hipocrisia: a familiaridade da mentira em nossas vidas

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA “Sem as pequeninas hipocrisias mútuas nos tornaríamos intoleráveis uns para os outros”. A frase é atribuída ao filósofo alemão Emanuel Wertheimer, coincidindo com as práticas gerais do mundo até nas grandes hipocrisias, como freqüentemente chega ao nosso conhecimento por meio das manchetes diárias. “Impostura, fingimento, simulação, falsidade”. Dessas quatro […]

    Leia Mais
  • Na “alegria de servir” todas as contradições se resolvem

    Walter Barbosa, membro da SOCIEDADE TEOSÓFICA Um dos meios de tentar a permanência das coisas que desejamos é ter controle sobre elas. Como as buscamos “fora” – por força de nossos valores atuais – aquela permanência depende dos outros. Assim, o controle dos outros é uma de nossas obsessões, sendo daí fonte de expectativa e […]

    Leia Mais